Como Obter sua Carta de Apresentação

Como Obter sua Carta de Apresentação

Você pode provar que você é perfeito para o trabalho, mesmo que não tenha experiência profissional. Fazer uma carta de apresentação para o seu primeiro emprego pode parecer muito complicado quando você quer se candidatar a um emprego, mas ainda não tem experiência de trabalho. Em geral, o propósito desta carta é apresentar ao recrutador ou pessoa que selecionará o curriculum, prova que você cumpre com os requisitos do anúncio e acordar ou interessar à pessoa para que leia o seu currículo.

Mostre sua Personalidade

Na carta de apresentação, sua personalidade e história de vida são muito bons e você pode desenvolver o que tinha que manter fora do plano de estudos em si.

Como Obter sua Carta de Apresentação

Lembre-se de adaptá-lo para cada vaga: outras letras genéricas são vistas negativamente.

Localize a escrita formal, mas não se preocupe em alcançar um estilo ideal. Se você se sente bem com a escrita, você poderá dar mais liberdades e introduzir o seu estilo de escrita – não esqueça o bom senso.

Carta de Apresentação para o Primeiro Emprego

Gostaria de saber como fazer um cartão como essa? Para começar, uma boa carta de apresentação deve conter:

  • O seu nome, endereço de correio electrónico e número de telefone na parte superior da página, à direita, ou em seu nome, no final da carta.
  • O nome da empresa e o nome completo da pessoa de contato para a esquerda, quando tenha esta informação.
  • O tema (por exemplo, o nome da vaga para a qual solicita).
  • Uma referência direta a pessoa que você escreve, se você sabe o seu nome. Vale a pena um “Caro Sr. Carlos Alberto Costa”, por exemplo, ou simplesmente um “Prezados Senhores”, quando o nome do recrutador não se conhece.
  • Breve introdução introdutória ao leitor.
  • Um texto que ressalta seus conhecimentos e características relevantes para o trabalho.
  • Um último parágrafo, em que a oportunidade é bem-vinda e posta à disposição para uma entrevista, por exemplo.

A carta não deve ser longa, mas deve ser eficaz para atrair a curiosidade do recrutador.

Como fazer a Carta de Apresentação?

Projeções

Do mesmo modo, no caso de que você tenha conhecimentos muito específicos, é imperativo não deixar essa informação de lado na carta. O recrutador avalia também que escrever neste documento -também de forma sucinta – um pouco as ambições, é totalmente válido, uma vez que o objetivo deste documento, em todo o currículo (CURRÍCULO), é fazer com que os recursos humanos profissionais tenham toda a informação necessária para compreender essa pessoa.

Idioma

É errado para aqueles que pensam que decorar a carta ou os estudos com palavras difíceis fará com que apareça perante os outros candidatos. De acordo com Larissa, é aconselhável que, antes de colocar o texto, a pessoa interessada na vaga investigue a empresa em questão e identifique e, em certa medida, a personalidade da empresa. Desta forma, a linguagem utilizada pode ser mais fácil se a empresa se apresenta ao mercado.

“É necessário que o candidato tenha um sentimento. Só lendo a apresentação da vaga é possível ver como se apresenta a empresa e o documento disponível, e determinar se você tem um perfil mais informal ou formal”, diz.

Quando se pergunta até que ponto este detalhe é válido, o recrutador percebe que pode ser um diferencial de uma linguagem correspondente, sim, uma vez que os profissionais de recursos humanos procuram um profissional que se identifique com o perfil da empresa em questão.

O candidato que fale outro idioma pode também fazer a carta e o plano de estudos nesse idioma além do português. Larissa, no entanto, salienta que o recurso só é recomendado em casos muito específicos, se a vaga, por exemplo, é para uma escola multinacional ou de idiomas.

O recurso é facultativa e somente para os casos necessários, porque de repente a vaga nem sequer exige o conhecimento de outro idioma. Outro fator que pode tornar inútil o processamento é que o recrutador muitas vezes nem sequer fala o idioma estrangeiro, causando um problema em vez de ajuda.

Estrutura da Carta de Apresentação

Estruturalmente, uma carta de apresentação consta de três partes: introdução, contextualização e motivação. Entenda cada um deles a seguir!

Parte 1: Introdução

Apresente-se respondendo as seguintes perguntas:

Quem és tu, então? Quem és tu, então?

Ou qual estudou?

Ou será que a face e as experiências que você já teve?

Por que você está olhando para o trabalho?

Exemplo

Acabei de me formar em Administração e, durante a faculdade, tive um contato estreito com o recrutamento e a seleção. Acho que tenho o conhecimento inicial, a paixão e a disposição para ser um excelente analista de recursos humanos na organização.

Parte 2: Contextualização

Agora contextualizar ou ler: por que não é adequado para a posição?

Independentemente do nível hierárquico em questão, a estrutura não muda: mostre que você pode fazer ou o que exigem os exemplos de sua trajetória.

Seja direto, mas vender o seu peixe e não se envergonhe de falar de suas conquistas e mudanças que você faz bem.

Tenha o cuidado de combinar as habilidades que você quer se destacar aquelas de que a onda realmente necessária. Para se certificar de que você está batendo ou apontando, salve uma cópia dos requisitos da vaga ao seu lado e demonstre como a introdução ao longo de sua carreira.

Exemplo

Durante os dois anos Junior X, uma de minhas responsabilidades foi recrutar novos participantes e apoiar o seu desenvolvimento profissional. Para isso, organizei fitas dos comentários mais frequentes e grupos de estudo com especialistas em diversos temas de psicologia empresarial.

Parte 3: Motivação

Os especialistas aconselham que, para obter o máximo de impacto, a carta deve terminar a explicar por que é que esta posição lhe entusiasma.

Use as seguintes perguntas para orientá-lo:

A oportunidade lhe ajudará a alcançar seus objetivos profissionais, por exemplo? O que você quer dizer?

Como se relaciona a vaga com temas que lhe interessam? O que você quer dizer?

Por que você acha que tem um laço cultural com os valores da empresa?

Por que merece uma entrevista nessa organização?

Como é que pode ajudar a que a organização cresça e que valor pode adicionar?

Exemplo

A oportunidade me empolga tanto pela tradição da empresa X como pela clara vontade de inovar que está presente ao longo de sua história, o que demonstra que novas ideias e abordagens são bem-vindos. Como pensar em novas formas de desenvolver e ajudar os jovens talentos é uma das minhas paixões, eu acho que poderia aumentar o valor de X.

Deixe uma resposta